Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Sporting é a paixão que nos inspira. Não confundimos competência com cultos de personalidade. 110 anos de história de um clube que resiste a tudo e que merece o melhor e os melhores de todos nós. Sporting Sempre


01
Fev17

My Own Worst Enemy

por Ivaylo

1b.png

 

No dia 30, um dia antes do encerramento do mercado de Inverno em Portugal, o presidente do Sporting Bruno Carvalho faz uns momentos de pausa (legítimos… é um período tranquilo…) e dá a voz ao candidato Bruno Carvalho para acusar o candidato Madeira Rodrigues de destabilizar a equipa.

 

Sobre Madeira Rodrigues, efectivamente ao anunciar a sua candidatura à presidência garantiu que não iria falar sobre a equipa de futebol no decorrer da campanha. Não cumpriu. Ter-lhe-ia ficado bem essa coerência, assim como lhe ficaria muito bem esquecer de uma vez por todas a utopia de despedir Jorge Jesus. Uma coisa é certa, cometer estes erros incoerentes na campanha é bem menos grave do que cometê-los em exercício de funções.

 

No que diz respeito às acusações proferidas por Bruno Carvalho, há que lhe reconhecer muita razão! É evidente que existe alguma desestabilização no futebol leonino, evidentemente tendo como causa Madeira Rodrigues.

 

Porquê? Simples…

 

Foi Madeira Rodrigues que dotou o Sporting de uma estrutura de futebol, corporizada em Jesus e Octávio, que deixa o plantel impermeável a qualquer brisa de contrariedade.

 

Foi Madeira Rodrigues que, em empolgação eleitoralista, decidiu ter esta época o maior orçamento de toda a História do futebol do Sporting Clube de Portugal.

 

Foi Madeira Rodrigues que, em alinhamento com o treinador, decidiu que os defesas laterais que transitaram da última época seriam suficientes em termos qualitativos para atacar 4 provas (com legítimas pretensões de vencer 3).

 

Foi Madeira Rodrigues que tomou a decisão estratégica de, para dotar o plantel de experiência, optar por ceder jogadores provenientes da Formação em empréstimos e, para os seus lugares recrutar jogadores que foram/são uma clara mais-valia para o plantel. Douglas, Petrovic, Elias, Meli, André, Castaignos são exemplos.

 

Foi Madeira Rodrigues que, emotivamente em reacção ao desvio de Carrillo para o Colombo, decide responder “à altura”, “desviando” Markovic de Anfield para Alvalade. «Pelo menos não custou um cêntimo»..., excepto o fee de empréstimo de 1,5M€ aos quais acresceram uma comparticipação mensal do seu vencimento de 40% (ou seja, o tecto salarial do Sporting).

 

Foi Madeira Rodrigues, batendo o pé no chão em fúria com a frustração da eliminação da Taça da Liga (da qual é claramente responsável), que resgatou os atletas André Geraldes e Ryan Gauld do Vitória de Setúbal. Foi igualmente ele que os fez passar o mês de Janeiro numa novela mexicana de destino incerto, destino que acaba por ser o plantel do Sporting (A ou B, veremos…).

 

Por último, é agora Madeira Rodrigues que continua a achar que os defesas laterais do plantel são mais que suficientes para atacar o resto da Liga. Mais que suficientes! Porque até se dá ao luxo de dispensar alguns…

Autoria e outros dados (tags, etc)


14 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 01.02.2017 às 16:54

"Na sequência do pedido feito pelo delegado do Sporting, na reunião entre clubes profissionais e o Conselho de Arbitragem da FPF, realizada no passado dia 11 de janeiro e em que foi solicitado que se questionasse a UEFA sobre os dois lances ocorridos aquando do último dérbi, a UEFA teve exatamente o mesmo entendimento que o CA tinha transmitido, considerando corretas as decisões do árbitro desse jogo, Jorge Sousa"

Agora ao que se vão agarrar!?
Imagem de perfil

De Ivaylo a 01.02.2017 às 20:03

Caro Anónimo,

Por um lado, o facto de a Liga ou a UEFA afirmarem o que entenderem sobre os lances não substitui os meus olhos. Considero que, pelo menos, o lance de Pizzi é passível de grande penalidade.

Não obstante, a arbitragem nunca deve ser utilizada como desculpa para maus resultados quando existem outras causas internas (planeamento do plantel por exemplo). Só se deve criticar outrem quando a nossa consciência está imaculada.

Mas, reitero: o Sporting foi prejudicado em alguns jogos.

SL
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 01.02.2017 às 20:44

Desculpe que lhe diga, você é o protótipo do adepto Sportinguista.
Esse lance é claramente inequívoco do que é bola na mão.
Não há dúvida nenhuma que não é pênalti, o segundo lance ainda pode levantar algumas dúvidas.
Não quero ser ofensivo para consigo, mas você é o protótipo do adepto Sportinguista.
Na generalidade percebem pouco de bola, mas não têm a humildade para perceberem isso, e insistem numa retórica vazia.
Eu não percebo de electrónica ou percebo muito pouco, tenho a humildade suficiente para não me pôr a mandar bitaites sobre electrónica, e tenho ainda a humildade para quando falar um entendido nessa área o ouvir e não me meter a arranjar justificações sem nexo.

Eu como sportinguista dei a minha opinião sobre os lances antes das opiniões do concelho de arbitragem e da UEFA, e que coincidem precisamente com a deles, e ainda vou mais longe o segundo lance percebe-se claramente quem jogou futebol que o jogador tem o instinto de puxar o braço para trás.

Contudo para alguns dos autores do blog a minha opinião não serviu, e eu até dei de barato visto que sou um desconhecido para vocês.
Contudo a seguir veio a opinião do CA e também não serviu, depois veio da UEFA e também não serviu.
Pessoas do mundo do futebol não percebem nada disto, vocês é que acham que percebem, ainda que demonstrem claramente que não percebem.
É de uma grande falta de humildade não perceber nada disto, mas achar que se sabe muito.
É esse o problema do Sporting á muito.
Há muito gente que claramente não é do meio, mas quer impor as suas ideias no clube, o resultado tá á vista.

Você tem precisamente a mesma postura do vigarista que assaltou o clube.
O Sporting não perdeu por causa do árbitro.
O que estão a fazer não passa de folclore, e só tem aceitação neste clube porque muitos dos adeptos percebem pouco disto.
Imagem de perfil

De Ivaylo a 02.02.2017 às 11:50

Se algum comentário seu não foi aprovado neste blog, só pode ter sido por ter algum conteúdo ofensivo. Essa é a nossa única fasquia. Podemos sempre discordar, mas com educação e elevação.

Respeito a sua opinião em considerar os lances bem (não) assinalados. Peço que respeite também a minha.

Aparentemente, estamos de acordo em relação ao facto de essas situações não servirem, de todo, como justificação para o trabalho de casa não feito, ou mal feito.

SL
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 01.02.2017 às 18:21

"O mandatário de Pedro Madeira Rodrigues que esta quarta-feira formalizou a lista do candidato à presidência do Sporting, assumiu que este pode, caso seja eleito, fazer mais do que Bruno de Carvalho fez pelo clube.

«Sempre fui um pró-Bruno de Carvalho, fez um excelente trabalho e está a ser um bom presidente. "

Isto é mentira não é!?

Só me apetece dizer palavrões.

O Sporting está a saque, assim como os políticos saquearam o país esta escumalha está a querer saquear o clube.
Estão a politizar o clube e a tranformá-lo num lugar para a atribuição de tachos, jobs for the boys.
Esta merd@ é escandaloso.
Desde que o cargo de presidente começou a ser remunerado, os parasitas começaram a ver no clube uma oportunidade de tacho.

O clube tem de levar uma volta de alto a baixo, se quer continuar a ser Sporting.

Repito o que já disse, para mim o problema do Sporting são os adeptos.
Adeptos imbecis, ignorantes, que acham que devem decidir os destinos do clube.
Geralmente são adeptos das claques.
Aliás sou a favor do fim das claques no clube.
Á muito que deixaram de fazer o seu papel.
Estão a destruir o clube.

Aliás a existência das claques coincide precisamente com a pior fase do clube em termos de futebol profissional.

Imagem de perfil

De Ivaylo a 01.02.2017 às 20:06

Caro Anónimo,

Partilho da sua preocupação relativa à candidatura concorrente. Efectivamente estão com uma campanha pouco coerente, em que acumulam já vários erros infantis.

Concordo em absoluto com a sua visão generalista sobre a causa/origem de muitas questões. Por um lado, pessoas menos aptas fazem escolhas mal informadas, por outro, de uma massa de pessoas pouco aptas é difícil saírem líderes aptos.

SL
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 01.02.2017 às 20:56

Muito bom o post.

É uma grande hipocrisia as palavras do vigarista.
Um indivíduo que andou vários anos a desestabilizar e armadilhar o clube com uma seita de alucinados vir agora falar em desestabilização, só mesmo de alguém sem vergonha, alucinado, quando até este candidato tem sido muito suave nas críticas.
Imagem de perfil

De Ivaylo a 02.02.2017 às 11:55

Caro Anónimo,

Obrigado pela avaliação!

Por um lado, concordo consigo na questão da hipocrisia da acusação. Mais que não seja porque o actual presidente fez oposição activa durante todo o mandato de Godinho Lopes. Directa e indirecta, através do Eduardo Barroso.

Por outro, apesar de Madeira Rodrigues ser suave, como refere, eu pessoalmente interpreto-o mais como falta de acutilância.

SL
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 01.02.2017 às 21:00

Só mais uma coisa, o brasileiro que já cá tinha estado é mesmo bom jogador.
Não é por acaso que jogava numa das melhores seleções do mundo.
Não foi bem aproveitado por razões que não vou agora falar.
Imagem de perfil

De Ivaylo a 02.02.2017 às 11:57

Suponho que se refira a Elias. Discordo dessa visão, nunca o vi a "brilhar" sem ser no Brasil. E o campeonato brasileiro... é um bocado lento.

SL
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 02.02.2017 às 10:18

Que decide tudo e quase sempre mal. Mas eu continuo na minha. E já não era assim antes do SCP? Muito provavelmente a única coisa que mudou na vida do líder é que agora ainda é recompensado. Uma maravilha portanto. Mais ou menos ao nível do treinador. Quanto pior mais ganha. Realmente não há clube como o SCP.
Imagem de perfil

De Ivaylo a 02.02.2017 às 11:58

Caro Anónimo,

Lamentavelmente o Sporting é o espelho do país...

SL
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 02.02.2017 às 10:25

A lavandaria montada em alvalade, lava mais branco.
Como sempre o objetivo é o mesmo, branquear toda a merd@ que o mitomano faz.
Eles que pedem provas documentais para tudo e mais alguma coisa,e mesmo depois de apresentadas arranjam novas teorias para as tentar descredibilizar, querem depois fazer crer aos outros que o que eles dizem é "sagrado".


"Não vi este tema cabalmente esclarecido em lado nenhum, por isso mesmo acho que tenho o dever de "defender" o jogador do Sporting Lukas Spalvis.

O Belenenses devolveu Spalvis ao Sporting tendo sido alegado, em comunicado do próprio Sporting, "razões de prudência" que têm tido as mais diversas interpretações nos habituais "amigos" que temos pelos jornais: não agradou à equipa técnica do Belém, não está bem fisicamente, até recuperou da lesão mas vai demorar a ficar em forma, etc., etc., etc.

Ora bem: nada disto é verdade e a explicação para o regresso de Spalvis é muito simples. Aliás, convém referir que o Belenenses estava muito satisfeito com o rendimento de Spalvis nos treinos. E apenas hesitou relativamente à sua inscrição por motivos puramente regulamentares. E convém dizer que as razões de prudência (as verdadeiras) são compreensíveis, como tentarei explicar.

Comecemos, então, pelo princípio.

Durante o mês de Janeiro, o Sporting comunicou ao Belenenses que pretendia o regresso de João Palhinha, o que acabou por acontecer. Nessa altura, não sei se por iniciativa do Sporting ou do Belenenses, foi proposto (e acertado) o empréstimo de Spalvis ao Belenenses. Se não estou em erro, apareceram até fotos do jogador a realizar os habituais exames médicos.

Mas entretanto surgiu um problema: o regulamento da Liga apenas permite três empréstimos de um clube a outro clube:

Artigo 78º, n.º 2 do Regulamento de Competições

"O clube cedente não pode ceder temporariamente mais do que três jogadores a um clube da mesma competição."

Naturalmente que o espírito desta regra é o de impedir que mais do que três jogadores do clube A sejam simultaneamente emprestados ao clube B e não possam, por via também dos regulamentos (n.º 3 do art. 78º), atuar nos jogos em que o clube A defronte o clube B. Quem não se recorda dos "gloriosos" tempos em que o FCP ia a Leça defrontar o Leça B, enquanto que os demais tinham que levar com o Leça A, recheadinho de jovens promessas do FCP (Ricardo Carvalho foi um deles).

Mas a literalidade da regra não é suficientemente clara para que esta possa ser a única interpretação (mesmo que a mim me pareça que é a mais razoável). Da forma como a regra está escrita, poderia perfeitamente ser interpretado que, mesmo com a devolução de Palhinha, o empréstimo de Spalvis violaria esta regra do Regulamento de Competições (recordo que o Sporting além de Palhinha emprestou Uri Rosell e Domingos Duarte).

Se assim se considerasse, seria o Belenenses o único prejudicado, na medida em que a punição pela utilização de Spalvis seria derrota mais perda de pontos (art. 78º, agora do Regulamento Disciplinar) nos jogos em que Spalvis viesse a participar.

Ora, o Belenenses (legitimamente) ponderou se valia a pena utilizar o jogador e correr o risco de, no final da época, andar a discutir este tema com os clubes que descessem de divisão; ou se (lá está) seria mais prudente devolver o jogador ao Sporting, para não correr riscos devido à interpretação de uma regra.

Admito que tanto o Sporting como o Belenenses não pretendessem que isto viesse a público até ontem, para não dar ideias aos adversários do Belenenses caso o Belém tivesse arriscado ficar com o jogador. Mas a partir do momento em que está encerrado o período de transferências, e Spalvis foi devolvido ao Sporting, acho que o jogador, que não tem culpa nenhuma, deve ser protegido.

Deve portanto ficar claro que o Belenenses queria ficar com Spalvis. E que as razões por que não ficou estão estritamente relacionadas com prudência na interpretação dos regulamentos. Nada relacionado com a forma do jogador ou a lesão que o afetou. Que fique claro"

Imagem de perfil

De Ivaylo a 02.02.2017 às 12:00

Caro Anónimo,

Muito obrigado pelo esclarecimento em relação a Spalvis! Mesmo muito! O objectivo central deste blog é justamente trazer os factos ao de cima, sem mantos nem "névoas"...

SL

Comentar post




Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D